domingo, 30 de outubro de 2011

Sempre. Sua.

Você sabe que não vai me perder de jeito algum, nunca, nunca. Vou estar sempre aqui, com você, pra o que você precisar. Quero sua felicidade antes mesmo de querer a minha. O teu sorriso, antes mesmo de procurar o meu. Te quero pra sempre do meu lado. Te quero como nunca quis ninguém, e acho que deve ser isso que me deixa assim, totalmente e inteiramente entregue a você: nas suas mãos. Vou cuidar de você, e nada poderá te machucar, quando eu ainda estiver do teu lado. E esse ainda, quer dizer sempre. Sempre pode não existir. Sempre, pode sempre acabar. Mas agente vai ter um pra sempre. E se a a palavra ''sempre'', não existir mesmo, agente cria um eterno. Agente cria um ''até depois da morte''. Te amo, te amo mesmo. Você é meu, muito meu, assim como eu sou tua.

Priscilla Martins.


Nenhum comentário:

Postar um comentário