domingo, 29 de maio de 2011

Ser, não ser.

O pior não é sofrer por algo. Não é chorar. O pior, é sair pela rua, e ter que sorrir. O pior, é ter que fingir que todos os dias pra você, estão passando normalmente, quando na verdade não estão. O pior, não é ter poucos amigos. O pior, é nenhum deles conseguir perceber sua tristeza, e tentar amenizá-la. O pior de tudo, é ser quem na verdade você não é, muitas das vezes, pra parecer forte, e inabalável, quando sua maior vontade, é desistir de tudo, e de todos.
Priscilla Martins.

Have you. Use you. Kissing you.

Às vezes minha vontade é de largar tudo e correr até você. Mesmo sem saber no que vai dar, mesmo sem saber aonde ir direito. Te apertar como se fosse meu travesseiro, e te aquecer. Queria roubar toda essa sua dor. Queria acordar do teu lado, e te ver dormindo. Queria rir e chorar. Brincar e brigar. Queria te fazer ameaças emocionais, pelo menos olhando em seus olhos. Queria pegar no teu braço um pouco mais forte, e te esconder quando estivesse com ciume. Queria te amar um pouco mais do que eu já amo. Só pra te mostrar, que você, é meu. E que eu, desde sempre para sempre fui, sou e serei sua.
Priscilla Martins.

domingo, 22 de maio de 2011

Quando você realmente ama alguém, idade, distância, altura, são apenas números malditos.

Autor Desconhecido.



O que é o amor?

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.
Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.
O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

(1 Coríntios 13: 4 a 7)



sexta-feira, 20 de maio de 2011

ESSE

Mas em algum lugar ao longo da linha, você mudou... Você parou de ser você mesmo! Você deixa as pessoas colocarem o dedo na sua cara, e dizerem que você não é bom. E quando as coisas ficam difíceis, você começa a procurar algo pra culpar, como uma grande sombra. Deixe-me te dizer algo que você já sabe... O mundo não é um lugar todo ensolarado e cheio de arco-íris. É um lugar perverso e repugnante. E não me importa quão durão você é, ele vai te quebrar e te deixar de joelhos. E vai te manter assim permanentemente se você deixar. Você, eu e ninguém vai bater tão duro quanto a vida! Mas não se trata quão forte você bate. É o quão duro você consegue apanhar e seguir em frente. É o quanto você consegue aguentar, e continuar seguindo em frente! É assim que a vitória é conquistada! Por que se você está desejando passar pelos desafios que você precisa enfrentar para chegar aonde você quer chegar, quem tem o direito de parar você? Quero dizer, talvez alguns de vocês têm algo que nunca terminaram, algo que vocês gostariam de fazer. Algo que vocês nunca disseram para alguém, alguma coisa! E vocês disseram não, mesmo tendo pago suas dividas. Quem têm o direito de te dizer isso? Quem? Ninguém! É seu o direito de ouvir seu coração! E ninguém tem o direito de te dizer ''Não''! Depois de você ganhar o direito de estar aonde você quer estar, e de fazer o que você quer fazer! Agora, se você sabe que vale a pena, então vá e consiga o que vale a pena pra você! Mas você tem que estar disposto a receber golpes e não apontando dedos, dizendo que você não está aonde quer, por causa ''daquele'', ''daquela'' ou de qualquer um! Só covardes fazem isso, e você, não é um! Você é melhor do que isto!




vídeo completo:

terça-feira, 17 de maio de 2011

Diálogo. {2}

- É perigoso, difícil.
- Eu sei, mas o que me impede de tentar?
- Várias coisas.
- É, você pode estar certa.
- Você poderia estar saindo, e se divertindo por ai.
- Podia. E tem gente que fala que eu deveria. Eu ia beber, dançar, pular e falar besteiras. Mas e no final? Quando eu deitasse minha cabeça no travesseiro, por quem eu ia sorrir? Em quem eu iria pensar? Por quem eu iria ter mais força ainda pra continuar quando o dia começasse mais uma vez. Por quem?
Priscilla Martins.