sábado, 19 de março de 2011

O tal ''amor''.

Eu já percebi, que existem sentimentos que nem sequer eu sabia que existia, que existem certas pessoas nesse mundo, que você seria capaz de matar e de morrer, só pra vê-la feliz. A um tempo atrás, eu achava que isso era impossível. Cheguei até achar, que essa tal coisa de ''amor'', não existia. Mais agora eu vejo. Agora eu vejo que ele existe, e que não é um sentimento qualquer. Ele é como uma doença. Que nasce, sem você perceber, cresce, mesmo que você não queira. E permanece. Pra essa doença, o meu único remédio, é você. Você, você, você.
Priscilla Martins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário