segunda-feira, 28 de março de 2011

Multidão insignificante.

É engraçado como o muito, se torna pouco, perto do meu amor por você. Como que me sinto tão longe e tão perto de ti ao mesmo tempo. É essa sua mania de me fazer rir, quando não estou bem, que faz o ''pra sempre'' se tornar mais provável. O relógio que insiste em demorar as horas, quando não estou com você; E quando me vejo o mais perto possível de ti, começo a ver o tempo andando depressa. Não vou esquecer de quando você disse que ainda temos muito pra viver. E talvez tenhamos. Ou melhor, com certeza teremos. E aí, novamente, o ''pra sempre'' se torna mais provável. E toda a multidão é insignificante perto da minha vontade de ficar contigo.
Priscilla Martins.


Amor de Chatroulette


''Chatroulette é um site onde duplas de desconhecidos interagem tendo como base principal a webcam. Dois usuários comunicam-se por um chat de conversa online (podendo usar o vídeo, áudio e textos). A qualquer momento, um dos dois usuários poderá trocar de pessoa com quem está interagindo, iniciando nova comunicação com outro usuário de forma aleatória. (...)'' <por: http://pt.wikipedia.org>


Neste caso, um cara apaixonado, pediu sua namorada em casamento. Nem preciso comentar, que o vídeo ficou LINDO. E que com toda certeza do mundo, ela aceitou. Bom meninas, vamos montar um Chatroulette ? Hahahaha. Eu viciei na música, sério.

Créditos ao vídeo: http://www.naosalvo.com.br





sábado, 26 de março de 2011

Textos de Pedro Bial.

Mas se eu conseguir tirar um sorriso, um sorriso amarelo que seja na hora mais dura e brutal, se eu conseguir dizer que não acabou nem pra quem sai nem pra quem fica, se eu conseguir dizer que esse não é o fim do mundo e nem o fim do começo, se eu conseguir dizer que vou guardar comigo todos os nossos segredos, que eu não vou contar pra ninguém aqueles teus medos, não conte os meus, se eu conseguir mover montanhas, se eu conseguir surfar num tsuname, se eu conseguir fazer o mar virar sertão e o sertão virar mar, se eu conseguir dizer o que eu nunca vou conseguir dizer aí terá chegado o dia em que eu vou conseguir te mandar embora com alegria.


O medo surge sempre de um não saber, do desconhecido, do ignorado. O medo é a extrema ignorância em momento muito agudo. Quem diz que não tem medo pode, pode simplesmente, estar se pelando de medo do medo. O que pode ser duas vezes o medo, correr duas vezes perigo. Necessário, o medo é necessário, salva vidas. É preciso coragem para sentir medo. Bom, pode-se também ser valente, desafiar o medo, se fazer de herói, de graça, sem recompensa. Não ter medo de perder 1,5 milhão de reais que NÃO se tem, convenhamos, não é tão difícil. Difícil é não ter medo de perder o que se tem, o pouco ou muito pouco que se tem.


Nasce boneca, rostinho de porcelana, corpinho de pano. Da boneca, o pano vai se desgastando, rasgando, a porcelana racha, quebra a cara. Tenta se esconder achando que fuga é proteção, e de repente: Cadê a boneca que estava aqui? Fica sem graça ao perceber que não perde a graça trocando porcelana e pano por carne e osso, e aí já é tarde demais. Virou gente, e então fica tudo mais complexo, as coisas saem de controle. Aí diz uma coisa, repete, diz uma coisa, e nós aqui, vendo outra coisa. Contradição. Confusão. Como cantou Cazuza: Tuas ideias não correspondem aos fatos! E essa confusão grita aos olhos do público. Quem é você? Você sabe? O que você deseja? O que você faria se pudesse escolher, você sabe?
Pedro Bial



Bom, nem preciso dizer que eu A-D-O-R-O os textos dele, não é ? Pois é. *-*

                                  ___________

QUANTOS DE SEUS “AMIGOS” SABEM OLHAR PRA VOCÊ E PERCEBER QUE VOCÊ NÃO ESTA BEM?


terça-feira, 22 de março de 2011

Diálogo.

Ela: Eu te amo.
Ele: Você é bipolar.
Ela: Posso ter duas personalidades, mas tenho um só coração.
Autor desconhecido.
É, né.

sábado, 19 de março de 2011

Felicidade Arriscada.

As pessoas me perguntam se eu não sinto medo de certas coisas, de certas pessoas. Dizem que algumas atitudes que tomo, são precipitadas demais. Sempre alguém me diz, que não sabe o que eu quero, por que sempre estou mudando de opinião, ou de atitudes. Bipolar, posso até ser, mais antes disso, sou uma pessoa que aprendeu que pra ser feliz, precisamos arriscar todas as alternativas, marcar todas as opções. Cansei de ter medo de dizer não, e vergonha de dizer sim. Cansei de titubiar antes de qualquer atitude, de me esconder, de fazer sempre tudo o que as pessoas acham certo. Tentar, sempre vale a pena, e eu sei que não tenho mais nada a perder.
Priscilla Martins.



O tal ''amor''.

Eu já percebi, que existem sentimentos que nem sequer eu sabia que existia, que existem certas pessoas nesse mundo, que você seria capaz de matar e de morrer, só pra vê-la feliz. A um tempo atrás, eu achava que isso era impossível. Cheguei até achar, que essa tal coisa de ''amor'', não existia. Mais agora eu vejo. Agora eu vejo que ele existe, e que não é um sentimento qualquer. Ele é como uma doença. Que nasce, sem você perceber, cresce, mesmo que você não queira. E permanece. Pra essa doença, o meu único remédio, é você. Você, você, você.
Priscilla Martins.

Ninguém é feliz sozinho.

Nestes tempos de violência gratuita e justiça cega, todos nós precisamos de alguém. Nestes tempos de injustiças e de preconceitos diversos, sorte de quem acha alguém que julga perfeito. Nestes tempos, ou em qualquer outro tempo, precisamos de alguém pra amar. De alguém pra cuidar da gente, e pra gente cuidar. Nessas horas corridas, ou sem pressa, nós só precisamos de um sorriso, de uma palavra, de um abraço, ou de um beijo. Uma palavra de conforto, ou de uma bronca, talvez. Mais precisamos de alguém. Sempre. Por que ninguém é feliz sozinho. E é por isso, e por muitas outras coisas, que eu agradeço todos os dias, por ter te conhecido, e por ter você comigo.
Priscilla Martins.

terça-feira, 15 de março de 2011

''I promise to never leave you''

Escrever sobre você, é dificil. Mais mesmo assim, eu tento. Sabe, eu queria que você imaginasse o tamanho do meu amor, ou pelo menos a metade dele. Eu queria que você soubesse que não quero mais ninguém, que não quero mais nada, se não for você, se não for com você. Agente nunca sabe quando é que alguém pode transformar nossa vida, nossos sonhos, nosso rumo. Nunca sabemos, quando é que alguém pode se tornar tão especial e tão indispensável pra nós, a ponto de não conseguirmos imaginar nossa vida sem aquela pessoa. Eu nem sabia, que um sentimento desse tamanho, dessa força, poderia existir. Não imaginava, que o tempo, podia se tornar tão precioso quando temos uma pessoa ao nosso lado, que não queremos que vá embora nunca. Não quero imaginar meus dias sem ter você pra estar ao meu lado, não posso imaginar, as horas passando, sem você estar aqui, bem perto de mim. É incrível, como uma pessoa, como que palavras, mudam nossas histórias. É incrível, pensar que ai por fora, aonde existe tanta maldade, tantas pessoas podres, também se pode encontrar pessoas como você. Pessoas raras. Dizer que eu te amo, já não me satisfaz. Eu quero te mostrar mais, quero te provar mais. E pra que isso seja verdade, farei de tudo pra você saber, e acreditar, que o meu amor por você, é maior e mais forte do que todas as pessoas, e do que todas as palavras que possam me dizer. E quando penso que nada mais vale a pena, vem você e me mostra que as coisas agora, são diferentes, e que só não vão valer a pena, se você não estiver comigo. Eu não posso imaginar uma vida sem você, pra falar a verdade, eu não quero. E isso, me faz te amar cada vez mais. Faz com que cada segundo que eu passe sem você, faz com que a vontade de estar ao seu lado se torne maior, e faz o meu amor crescer. Ás vezes, eu posso não expressar, eu posso não dizer, mais você, é minha vida agora. E se ainda tenho alguma razão, se ainda tenho vontade de acreditar que no final tudo ficará bem, é por que tenho você, é por que tenho sua luz, que me ilumina todos os dias, todas as horas. Eu sempre serei sua, sempre viverei pra você, sempre te amarei com todas as minhas forças, e enfrentarei tudo e todos, só por você. Nunca duvide disso, nunca duvide que meu amor, é maior que tudo o que há nesse mundo, por que realmente, ele é. Eu não sou nada sem você, nada.
Priscilla Martins.

domingo, 13 de março de 2011

  
Perfeitas mesmo, são as estrelas lá em cima que brilham sem a ajuda de ninguém.


Se eu falar que adorei esse blog, alguém acredita ? *-*

Estarei aqui, não importa o que aconteça.

Quando tiver alguma dúvida, quando não estiver bem, me procure. Quando achar que nada vai dar certo, eu mudarei céus e terra pra o rumo de tudo mudar. Quando quiser fugir, me chame. Arrumarei minhas malas num só instante. E quando quiser morrer, me mate primeiro. Eu só te peço, que fique comigo, e que lembre de mim em todos os momentos. Eu vou te guiar, vou te ajudar. Te beijarei, e te abraçarei quando preciso. Irei chorar, e sorrir. Vou ficar em silencio, ou falar, falar e falar. Quando necessário for, te darei choques de realidade, ou broncas, quando você exagerar. Mais sempre estarei aqui, do teu lado, não importa o que aconteça. Não deixarei que ninguém te machuque. Eu juro.
Priscilla Martins.

sábado, 12 de março de 2011

Apenas viva.

Não importa qual é a cor de sua pele. Qual é a sua religião, ou sua classe social. Não importa se você tem ou não status na sociedade. Não importa. Faça o que achar que tem que fazer. Faça o que você sabe fazer de melhor. E nunca, grave bem: nunca deixe que alguém te diga, que não é capaz de fazer algo. Nunca se substime, por que forças, você tem, o que pode lhe faltar, é vontade e coragem de usá-las. Então fale o que quiser, e faça o que quiser, dê valor a quem está do seu lado. Por que como diz um amigo meu, '' Carros e jóias tem valor. Pessoas não.'' Apenas viva.
Priscilla Martins.

terça-feira, 8 de março de 2011

Sem comentários. s2

''Quando os cavalos-marinhos encontram um companheiro, eles envolvem suas caudas para que a maré não os separe, e ficam juntos pro resto de suas vidas. Quando um deles morre, o outro morre também.''


Eu tive que postar. *-*

Perfeita pra você.

É essa sua voz. É esse seu jeito de me ver como ninguém mais vê. É esse teu ciume, sem fundamento. Ou então, a vontade de cuidar de mim, que só você tem. É você. É som da sua risada. São suas palavras. É o jeito que você, me diz ''eu amo você''. É quando eu vejo, que você se importa comigo, e que se preocupa. É essa sua vontade de concertar tudo na minha vida. De fazer amanhã, um ''dia melhor''. De me mostrar, que apesar de tanta coisa, apesar de tanto me decepcionar, ainda consigo ser feliz. Mais isso, só pode ser ao seu lado. É essas suas histórias, e esse teu jeito de me fazer rir. É as suas perguntas, que surgem do nada, e sempre termina com ''eu te amo''. É só o que eu preciso, pra ter mais certeza do que já tenho, que eu, na verdade, sempre estive te esperando. E que você, foi feito pra mim, só pra mim.  Eu quero ter você pro resto da minha vida, e como eu já te prometi, farei de tudo pra isso. Eu quero olhar cada dia que passou da minha vida, que passei ao seu lado, e depois, saber que tudo, absolutamente tudo, valeu a pena. Eu posso ter me tornado uma pessoa não muito boa com o passar do tempo, e pra muitos, posso ser a pior pessoa do mundo. Mais eu não me importo. Preciso ser perfeita pra você. Preciso saber que pra você, eu sou a unica coisa que importa.
Priscilla Martins.


''E eu até poderia amar outra pessoa, mas não sei se outra pessoa poderia me fazer sentir o que você fez. Já ouviu aquela história de que existem pessoas únicas e insubstituíveis em nossa vida? Então, acho que estou vivendo essa história.'' (Denis)


domingo, 6 de março de 2011

Ser auto-suficiente.

  Felizmente, ou infelizmente, eu já não sou como antes. Não consigo amar como já amei, ou chorar durante horas por algo. Não sei o que aconteceu, nem em que circunstâncias me encontro.
  Acho que amei muito pessoas que não mereciam, e agora, as que merecem, ficam assim, sem saber o que fazer. Por que mesmo que eu diga ''eu também te amo'', não é como antes. Não é mais tão intenso.
  Nesses tempos, em todos os tempos, todo mundo precisa de alguém, e o meu maior medo, hoje, é que eu não precisa de ninguém. É que eu não consiga amar, as pessoas como devo.
  Me sinto culpada, me sinto uma tremenda egoísta. Mais não consigo mais chorar por isso. Não consigo ficar triste, nem ter pena de mim, ou das outras pessoas que estão a minha volta.
  Hoje, me sinto auto-suficiente. E isso de alguma forma, está me deixando num abismo, sozinha. Na beira.
Priscilla Martins.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Não é ser diferente. É não ser igual.

Sou meia inconstante, então não acredite sempre nas minhas palavras. Não sou como você, e nem como seus amigos, que gostam sempre das mesmas coisas, e escutam sempre as mesmas músicas. Não sou diferente, só não sou igual a todo mundo. E acredite, não é a mesma coisa. As minhas roupas não são de marca, e minhas jóias não são verdadeiras. Não frequento os melhores lugares, e nem vou a todas as baladas. Não escuto uma música por que os outros escutam, e não saio com todos os garotos pra parecer popular. Isso não faz meu tipo. Não me inturmo com todo mundo, e odeio excesso de simpatia, ou excesso de felicidade. Não preciso de você, e acredite, se quiser nem olhar na minha cara, não vou ligar. Não exijo amizade de ninguém, apenas respeito. Não vou chorar se você me humilhar, ou se falar que estou feia ou gorda. E nem vou me preocupar com isso. Se eu gostar, já está ótimo. E voltando a primeira frase, lembre-se que posso ter duas opiniões, ou dois estados de humor. Posso falar que gosto daquilo, e amanhã não gostar. Mais meus sentimentos são verdadeiros, e quando eu amo, não amo de dois jeitos. Se falo que te amo, acredite, pois não falaria isso por qualquer motivo.
Priscilla Martins.