sábado, 8 de janeiro de 2011

Os diferentes que são normais.

Ainda não consigo compreender por que as pessoas vêem tanta diferença em gente tão normal. Não consigo identificar a anormalidade que tantas pessoas enxergam em pessoas como eu, como você. Mais também, é muita hipocrisia, dizermos que somos todos iguais. Sim, por que o anormal, o estranho, vem daquelas pessoas que não assumem que sem diferenças, o mundo ia ficar um tédio, uma chatice. Brancos, negros, homens, gays e lésbicas. Lágrimas e sorrisos saem de qualquer um. Eles não escolhem cor, nem opção sexual para aparecerem. O coração não tem cor, e o melhor das pessoas, não se define pela condição social. Caráter, não tem sexo; E o amor, é igual pra todos. O ''diferente'', é normal. O que não é normal, é todos serem literalmente iguais.
Priscilla Martins.

2 comentários:

  1. Gostei muito do texto. Essa é realmente a realidade. Estou lhe seguindo, me segui se gostar do meu blog. :D

    ResponderExcluir
  2. Somos diferentes, mas não desiguais

    ResponderExcluir