sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Recomeço.

Sempre quando acaba, fica um restinho dentro de nós, mesmo quando nunca tenha ocorrido algo, o vazio, permanece. Aquela sensação que aquele nos pertecence, ou que aquilo, ainda não se foi. Agora, já não é tão mais importante aquela música que dançaram juntos, ou aquela data sempre comemorada. Agora, esquecemos. Esquecemos das palavras, das promessas, dos sentimentos, do prazer que tinhamos só de saber que o outro estava ali. Acabou. E agora, as palavras são de outra, e o sentimento que você sentia, também pertence a outro.
Priscilla Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário